♠ ♥ ♦ ♣ Ordens de Mérito 2006-2007 ♣ ♦ ♥ ♠

 

Tendo sido considerados positivos os resultados da última época e porque se acha ser motivador para a totalidade dos jogadores, as ordens de mérito relativas a “Jogador do Ano”, “Circuito Regional” e “Simultâneos Lusobridge” mantém-se na presente época, se bem que com algumas pequenas alterações.

A primeira foi uma melhor definição das diversas categorias dos praticantes para todas as Ordens de Mérito, de acordo com o publicado no Regulamento Geral 2006/2007.

A segunda foi a decisão da maior valorização de algumas provas, consideradas mais importantes pela ABM, com a introdução de Coeficientes de Valorização de Provas e afectará apenas a Ordem de Mérito de Jogador do Ano.

A terceira foi a divisão da Ordem de Mérito Lusobridge em duas, de acordo com o dia da semana em que se disputam.

Espera-se assim ir de encontro a algumas sugestões apresentadas no sentido de tornar ainda mais justos e bem definidos os critérios de atribuição de pontos OM, pelo que se aconselha a leitura atenta dos regulamentos específicos de cada uma das Ordens de Mérito.

 

 

♠ ♥ ♦ ♣ Jogador do Ano 2006-2007 ♣ ♦ ♥ ♠

 

 

Em termos de classificação final desta Ordem de Mérito foram introduzidas algumas alterações. Assim todas as provas organizadas pela ABM passam a ter um Coeficiente de Valorização para efeitos desta OM. Para a época 2006.07 foi decidido aplicar os seguintes coeficientes.

Categoria 1 (CVP 1,5) – Provas com representação Nacional

» Campeonato Regional de Pares
» “Sunday Times” Regional
» Campeonato da Madeira em Equipas
» Apuramento para Nacional das Regiões
» Taça da Madeira

Categoria 2 (CVP 1,25) – Todas as provas incluídas no Circuito Regional.

Categoria 3 (CVP 1) – Restantes provas organizadas pela ABM, a saber:

» Torneio de Abertura
» Natal
» Comando Operacional da Madeira
» Torneio de Encerramento da A.B.M.
» Simultâneos Lusobridge (a)

No final do ano serão atribuídos prémios aos cinco (5) primeiros jogadores da classificação geral acumulada e aos dois (2) primeiros de cada um dos outros troféus (2ªs categorias, seniores, senhoras e iniciados). Os prémios não são acumuláveis sendo a ordem de prioridade a acima mencionada.

Para este troféu apenas são considerados os filiados na ABM com a sua quotização regularizada.

  1. Vamos manter a fórmula da última época. No final e de acordo com a classificação acumulada da ordem mérito “Simultâneos Lusobridge”, simularemos dois torneios, um referente aos torneios de 2ªs feiras e outro referente aos torneios de 5ªs feiras, cujo número de pares será o número total de jogadores pontuados, e a classificação a ordem da classificação acumulada. Os resultados obtidos através desta “simulação” são considerados para efeitos do ranking de “ Jogador do Ano “. É uma forma de premiar aqueles que obtêm bons resultados nacionais nos simultâneos.

 

 

♠ ♥ ♦ ♣  Circuito Regional de Bridge ♣ ♦ ♥ ♠

 

REGULAMENTO ESPECÍFICO

  1. A fórmula de disputa será sempre condicionada ao número de pares inscritos.

 

  1. Esta prova é aberta a todos os jogadores, independentemente de serem ou não associados da ABM. Jogadores não associados ou com quotas em atraso concorrem apenas aos prémios por torneio.
  1. A data limite das inscrições será aquela constante de cada um dos anúncios das provas. Por norma 48 horas antes da hora prevista para o início da 1ª sessão.

 

  1. Ausências – Cada par poderá ter uma ausência, desde que devidamente justificada. Neste caso o resultado a atribuir na sessão em falta será a média das duas jogadas deduzida de 3%. Se for a última sessão o valor a deduzir é de 6%.
  1. Substituições – Cada jogador apenas poderá ser substituído uma única sessão e por um outro de categoria igual ou inferior de acordo com o ranking publicado pela FPB no início da época.

 

  1. Árbitros: José Júlio Curado e Miguel Teixeira.

 

DESCRIÇÃO DO CIRCUITO

A Ordem de Mérito do Circuito continuará a manter diferentes tipos de categorias, a saber;

» Categoria Única
» 2ªs Categorias
» Sénior
» Senhoras
» Iniciados

Relativamente aos não filiados a ABM reserva-se ao direito de os colocar na categoria que entender.

O Circuito Regional será constituído por seis (6) provas, a serem disputadas em outros tantos concelhos da Região Autónoma da Madeira.

Para efeitos da classificação final do Circuito Regional serão considerados os pontos OM correspondentes às melhores cinco (5) classificações acrescidas de um bónus de 50% da pior classificação. Os desempates fazem-se através dos melhores resultados obtidos por cada um dos jogadores.

 

Prémios por Torneio

Classificação Geral

 

Prémios Especiais (a)

 

1º Par

€ 300,00

1º Par – 2ªs Cat.

€ 50,00

2º Par

€ 150,00

1º Par Sénior

€ 50,00

3º Par

€ 100,00

1º Par Senhoras

€ 50,00

 

 

1º Par Misto

€ 50,00

 

 

1º Par Jun/Ini

€ 50,00

(a) A atribuição destes prémios obriga a um número mínimo de 3 pares participantes.

 

Ordem de Mérito

Classificação Final

 

1º Jogador

€ 850,00

2º Jogador

€ 550,00

3º Jogador

€ 275,00

1º Jogador – 2ªs Cat

€ 125,00

1º Jogador – Sénior

€ 100,00

1ª Jogadora – Senhoras

€ 100,00

1º Jogador – Júnior

€ 100,00

 

 

♠ ♥ ♦ ♣  Simultâneos Lusobridge ♣ ♦ ♥ ♠

 

Para o troféu denominado por “ Simultâneos Lusobridge “ a ABM procedeu a algumas alterações em termos da classificação final desta Ordem de Mérito. Está prevista a realização de um total de 51 sessões, 12  jogadas às 5ªs feiras e as restantes 39 jogadas em outras tantas 2ªs feiras. Devido à enorme popularidade conquistada por esta prova na época transacta e tendo como objectivo uma maior diversidade na distribuição de prémios foi decidido ter não uma, mas duas Ordens de Mérito Lusobridge anuais.

A Ordem de Mérito 2ªs Feiras será composta por 39 jornadas Para a classificação final desta ordem serão contabilizados os melhores 26 resultados nacionais nos torneios disputados às 2ªs feiras.

A Ordem de Mérito 5ªs Feiras será composta por 12 jornadas Para a classificação final desta ordem serão contabilizados os melhores 8 resultados nacionais nos torneios disputados às 5ªs feiras.

Como forma de premiar as boas prestações nacionais, em ambas as Ordens de Mérito (OM2 e OM5), haverá lugar a bonificação em Pontos da Ordem de Mérito sempre que qualquer par se classifique no top 10% classificação geral nacional. Se o número total de pares a nível nacional for inferior a 50, o último lugar que dá direito a bónus é o 5º. A bonificação será atribuída de acordo com a tabela seguinte:

Class

Bónus

Class

Bónus

Class

Bónus

50

15

3

35

10

2

25

5

1

 

Cada Ordem de Mérito será classificada em separado e em cada uma das OM, no final do ano serão atribuídos prémios aos dois (2) primeiros jogadores do troféu “geral” e ao primeiro de cada um dos outros troféus (2ªs categorias, seniores, senhoras e iniciados). Os prémios não são acumuláveis, isto é, ninguém pode ganhar um prémio em ambas as OM. A ordem de prioridade é a acima mencionada sendo distribuídos alternadamente entre a OM2 (em 1ºlugar) e a OM5 (em 2ºlugar). Para efeito de prémios na Ordem de Mérito Lusobridge apenas são considerados os associados da ABM. De acordo com o regulamento geral, os associados com as suas quotas por regularizar são considerados como não sócios.